Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

Arde sem se ver . . .

Interpelo a minha própria razão que subsiste no teu ser… Diz-me se conseguiste ser mais que um Calhau, um inanimado independente. Experimentas, discordas, opinas, argumentas, decides e reconheces que o sabes executar, melhor que ninguém. E contra-argumento no meu íntimo que não o exercitarias se, alguém não tivesses que, contigo repartisse sensações.

Então também as pedras conseguem idealizar convicções tão demarcadas sobre a vida, sobre o Mundo, sobre tudo aquilo que engendras meticulosamente!? Sabes que és real porque os meus sentidos to mostram repetidamente. Não sei mais nada!

Valeu a amofinação? ...Aquilo com que te desiludiste, despedaçou-me! Reconstruo a nossa novela, aquela que nunca desejámos ter edificado desta maneira.

 

Um aviso de mudança, de fortificação de laços!

...E enquanto pernoito insaciavelmente, faz-me falta o que eras comigo'

 

«Viviam a lenta e invisível compenetração dos seus universos, como dois astros que gravitam em torno de um eixo comum, em órbitas cada vez mais estreitas, cujo destino evidente é o de colapsarem nalgum ponto do espaço e do tempo.»

 

 

 

 

 

 

"Looking ahead is a whole new future.

But the past still has me"

 

 

0912

tags: , ,

publicado por devaneios demarcados às 12:08
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Lost a 30 de Janeiro de 2010 às 13:13
Meu amor, o texto está lindo lindo lindo! adoro!

O passado deixar-te-á com as maiores das recordações que para Sempre vão estar em ti, de forma especial e única e, um dia, vais olhar pra trás e ver que perdeste parte da tua vida com sofrimentos alheios, porque quem nao te dá o verdadeiro valor, nao te merece.

Agora, sei como isto é difícil, por dois motivos completamente diferentes e distantes, tbem passo pelo mesmo. E, sinceramente, nao sei o que fazer.. Deixa-lo(s) pra trás ou prosseguir a vida sem ele(s)? Lutar o maximo possivel, sofrer o que jamais alguem sofreu para a Felicidade ser encontrada por aquele que agora amo mas, que vai ser quase impossível devido a condiçoes indesculpáveis? Ou lutar o maximo possivel, esforçar-me um pouco e ter alguem que me vai fazer muitoo feliz e quase nao interfere com outras Felicidades? Ou entao... Esquecê-lo(s) e, prosseguir esta vida à procura sem lá de quê, continuando sem saber o pqe da(s) sua(s) existência(s)?

Beijinhoo


De Orgulho a 31 de Janeiro de 2010 às 14:23
Está mesmo lindoo!
Demonstra tanto, tanto.
Vão colapsar, pois a força que vos aproxima é algo muito maior do que vocês!
Eu sei que sim x')
Beijinhos'*


De thesmartiebe a 4 de Fevereiro de 2010 às 10:41
obrigada :)


Comentar post

«A man should look for what is, and not for what he thinks should be.» __________________________ - Albert Einstein
«...things don't have to be extraordinary to be beautiful. Even the ordinary can be beautiful.»

*Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*posts recentes

* ...

* 2013.

* Deste razão ao meu 0912.

* ...

* #

* O silêncio vai ser a tua ...

* E com que leviandade...

* O fim.

* ?

* ...

*arquivos

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Maio 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

*mais sobre mim

*pesquisar