Quarta-feira, 30 de Março de 2011

quase.

 

 

Muito cansada...  E a precisar tanto de miminho...


publicado por devaneios demarcados às 22:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 24 de Março de 2011

Saudade

 

“Eu hoje acordei numa casa diferente, num quarto diferente, sem ajuda, sem maquilhagem, os meus amigos estão ocupados, os meus pais não podem sofrer por mim. Hoje, eu acordei sem nada no estômago, sem nada no coração, sem ter para onde correr, sem colo, sem peito, sem ter onde encostar, sem ter quem culpar. 
Hoje, eu acordei sem ter quem amar, mas aí eu olhei no espelho e vi, pela primeira vez na vida, a única pessoa que realmente me podia fazer feliz.”

 

Saudades*

...que tao cedo não vão desvanecer...


publicado por devaneios demarcados às 14:25
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Março de 2011

when you love someone..

 

O meu já as conheceu há tanto tempo meu amor*


publicado por devaneios demarcados às 21:42
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Março de 2011

Podia ser assim...

 

Daqui a um ano, dois...e mais que isso começa a parecer ridículo no teu discernimento!

 

Podíamos ir à descoberta do que ambos não conhecemos... Porém, a vontade de ir é tanta que te esqueceste que fico cá. E que o Verao é tao curto que mal o saborearemos. Mas falar em futuro é tão meu e tu não te encaixas nestas perspectivas...

 

Quiçá me fará bem fazer mais coisas sem ti...

 

0912*


publicado por devaneios demarcados às 21:24
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Março de 2011

Eu aguento!..

Gosto de nos sentir assim amor! Gosto de sentir que estás feliz comigo, que exprimes um sorriso sempre que sentes que eu estou contigo! Gosto de sentir que sentes a minha falta, mesmo que não de igual forma, mesmo que a renegues…


Mais do que isso, gosto imenso de ti! Gosto que me protejas, que me abraces e me beijes quando mais preciso e não que te vás embora. Gosto de sentir a tua fragilidade por mais que a queiras esconder no teu escudo! Por mais que te refugies e tentes fugir, por mais racional que tentes parecer!


Gosto de saber que mudo um pouco de ti cada vez que partilhamos o nosso tempo. Gosto de sentir a tua lenta mudança, a tua entrega, os teus amores e os teus ódios… Amo-te por aquilo que és, e por aquilo que serás.


Quiçá cresças até determinado patamar em que consigas formular raciocínios lógicos acerca do que agora nos é impenetrável. Porque fortificámos tudo o que compartilhamos!

 

 


publicado por devaneios demarcados às 20:59
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Março de 2011

Quando te vais...

 

Já me havias feito chorar por ti e em seguida, deixaste-me...

 

Agora deixaste-me a chorar!...

Sempre gostas de mim?!?

 


publicado por devaneios demarcados às 22:04
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Março de 2011

The following night'

 

Ainda me vais dizer que me amas?!

 

«A real distância entre nós está na vontade, enquanto estamos ao alcance total da minha mão e da tua entrega, quando o que nos separa é maior que uma utopia.»

 

E quando acordar? Posso voltar a ter-te comigo, posso voltar a beijar-te, a abraçar-te??


publicado por devaneios demarcados às 21:11
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

are u afraid?

 

 

Quiçá seja tão ingénua para admitir que na verdade eles não existem…

 

 

Mas deparo-me quotidianamente com eles! Como poderei destrui-los? 

 


publicado por devaneios demarcados às 00:04
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Março de 2011

am I?


publicado por devaneios demarcados às 20:44
link do post | comentar | favorito
«A man should look for what is, and not for what he thinks should be.» __________________________ - Albert Einstein
«...things don't have to be extraordinary to be beautiful. Even the ordinary can be beautiful.»

*Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*posts recentes

* ...

* 2013.

* Deste razão ao meu 0912.

* ...

* #

* O silêncio vai ser a tua ...

* E com que leviandade...

* O fim.

* ?

* ...

*arquivos

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Maio 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

*mais sobre mim

*pesquisar