Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

Azar

 

Tens toda a razão quando atestas a instabilidade das circunstâncias. Porém, talvez uma madrugada, eu usufrua de fortuna. Tu, tu escolheste mal, lamento!


Ajudaste-me a compreender o quão importante, as pessoas nos podem fazer sentir. Como não mereço, de todo, aquele por quem luto insaciavelmente.

Esgalhando sempre a genuína incredulidade, e não me renuncias; como se fosse o todo.


Obrigada.

E faz-me o favor de não querer saber mais de mim’

"Gosto tanto, tanto de ti!’"- E no entanto, quem sabe se não começo a estimar-te...

 

 

 

Adoro quando afirmas: «A vida falece nele como um sábio em arrogante auto-confiança»!

Sabes que o Amo.


publicado por devaneios demarcados às 14:18
link do post | comentar | favorito
«A man should look for what is, and not for what he thinks should be.» __________________________ - Albert Einstein
«...things don't have to be extraordinary to be beautiful. Even the ordinary can be beautiful.»

*Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*posts recentes

* ...

* 2013.

* Deste razão ao meu 0912.

* ...

* #

* O silêncio vai ser a tua ...

* E com que leviandade...

* O fim.

* ?

* ...

*arquivos

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Maio 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

*mais sobre mim

*pesquisar